Salvador – BA

Líderes:

Endereço: Rua Carlos Gomes 111,
Ed. Esther Moura Franco 5º andar
Salvador – BA, CEP 40060-333

Tel: +55 (71) 98797-6272 / 99129-4615 / 99235-7677
e-mail: FICASALVADOR@FICABAHIA.COM.BR / gungaogum@hotmail.com (M.Valmir)

www.ficabahia.com.br
facebook FICA-Bahia (grupo)
facebook FICA-Bahia (página)

Mestre responsável:
Mestre Valmir

———-

Aulas:
Segunda-feira / Quarta-feira / Sexta-feira
Vespertino: das 12:00 às 14:00 e Noturno: das 19:00 às 21:00

Aula de ritmo:
Terça-feira das 18:30 às 20:30

Todo Sábado é dia de Roda
das 09:30 às 12:00

———-

A Fundação Internacional de Capoeira Angola-BA (FICA-BA) é uma entidade não-governamental, sem fins lucrativos, que tem por finalidade o ensino e a prática da Capoeira Angola nos âmbitos nacional e internacional, a partir da sua afirmação como forma de expressão da cultura afro-brasileira e como via de projeção de valores referentes ao universo cultural dos descendentes de africanos no Brasil.

Ainda que a prática da Capoeira Angola esteja diretamente ligada à conquista da sobrevivência e ao fortalecimento da auto-estima individual e coletiva dos afro-brasileiros, a sua capacidade de agregação a torna capaz de envolver povos do mundo inteiro. Por intermédio da Capoeira Angola, nós da FICA-BA acreditamos poder contribuir para a humanização dos espaços sociais urbanos e para a construção de uma sociedade mais tolerante e menos excludente.

O seu núcleo em Salvador funciona sob a coordenação do Mestre Valmir Damasceno – ex-integrante e contra-mestre do Grupo de Capoeira Angola Pelourinho (GCAP). Como referência internacional no universo da Capoeira Angola e da cultura afro-brasileira, a FICA-BA recebe anualmente mais de 300 visitantes oriundos de todas as partes do mundo.

A FICA-BA está integrada ao ICAF (International Capoeira Angola Foundation), uma rede internacional fundada em Washington-DC pelo mestre Cobra Mansa e que abrange 11 núcleos nos Estados Unidos, 08 no Brasil, 04 na Europa (Finlândia, Suécia, França e Itália), 04 na Ásia (Rússia, Ucrânia, Japão e Coréia), além de 04 no México e 01 em Moçambique (África). A Fundação Internacional de Capoeira Angola-BA nasceu no dia 13 de Junho de 1996, dia de Ogum – Orixá guia e protetor do grupo.

———-
Mestre Valmir Damasceno
Nascido em 27 de agosto de 1965 na cidade de Salvador, Valmir Santos Damasceno iniciou-se no mundo da Capoeira Angola em 1982 no tão conhecido Grupo de Capoeira Angola Pelourinho (GCAP) com os mestres Moraes e Cobra Mansa. No ano de 1992 recebeu o título de Contramestre. Em 1994 se desligou do GCAP e em 1996 se juntou ao Mestre Cobra Mansa passando a fazer parte da Fundação Internacional de Capoeira Angola, quando então criou seu núcleo em Salvador, a FICA-Bahia. Em agosto de 2003 recebeu o título de Mestre de Capoeira Angola no IX Encontro Internacional de Capoeira Angola, realizado pela FICA em Belo Horizonte. Mestre Valmir veio desenvolvendo diversos projetos sociais tendo a capoeira como o carro-chefe. Dentre eles destacam-se a “Associação Livre de Moradores da Mangueira (ALMM)”, a “Fundação do Menor Trabalhador (FAMEB)” e o “Projeto Axé”. Atualmente, segue na coordenação dos trabalhos da FICA-Bahia e realiza oficinas de Capoeira Angola em diversos países, como EUA, Alemanha, França, Suécia, Inglaterra, além de várias cidades pelo Brasil.

Contra Mestre Aloan Damasceno
Aloan Santana Damasceno iniciou-se no universo da capoeira aos 09 anos de idade. Filho e aluno do Mestre Valmir Damasceno, em 2005 começou a dar aulas de Capoeira Angola. Foi formado treinel em 2011, pela Fundação Internacional de Capoeira Angola (FICA-BA). Participou de importantes eventos internacionais de Capoeira, dando aulas em países da Europa, nos Estados Unidos e na Colômbia. Possui larga experiência em ministrar aulas de movimento, aulas de canto (ladainhas, chulas e corridos), confecção de berimbaus e caxixis e aulas de ritmo, além de transmitir aos seus alunos a história e filosofia da Capoeira Angola. Atualmente, é professor da FICA-BA e educador social na Fundação Cidade Mãe, órgão da Prefeitura Municipal de Salvador, onde ministra aulas de Capoeira Angola para crianças e adolescentes de 7 a 17 anos.

Contra Mestre Dija Damasceno
Aldjaie Santana Damasceno, conhecido como Dija, nasceu em 12 de março de 1991, na cidade de Salvador (Bahia). Ainda criança, acompanhou os pais que praticavam capoeira no Grupo de Capoeira Angola Pelourinho (GCAP), com o mestre Moraes. De lá, seu pai, Valmir, saiu contramestre e foi convidado a fazer parte da Fundação Internacional de Capoeira Angola (FICA-Bahia), junto com os Mestres Cobra Mansa e Jurandir. Então, em 1997, aos seis anos, Dija expos o seu desejo de ser um capoeirista e começou a treinar com seu pai, o Mestre Valmir. Atualmente, com 24 anos, sendo 18 de capoeira, Dija é um dos treineis (professor) do grupo FICA-Bahia, tendo sido formado treinel no ano de 2010. Mantém ainda o site Berimbauclass.com, sendo o idealizador e professor desse projeto, onde oferece vídeo-aulas de berimbau.

———-
fonte: www.ficabahia.com.br (setembro 2016)

2013-10_cartaz_FICA-BA_frente_v1

Translate »